O estresse e a máquina de moer alunos do ensino superior: Vamos repensar nossa política educacional?

Páginas populosas de universitários nas redes sociais e memes que viralizam fazendo humor com a sobrecarga de trabalho a que este grupo é submetido, principalmente na época de provas e entregas de trabalho. As brincadeiras tentam cumprir um papel de válvula de escape para a tensão. Mas a despeito delas, o estresse pode ser um problema sério na vida de quem estuda.

Pesquisas sobre o tema apontam quase a totalidade de estudantes como portadores de alguma forma de exaustão, o que pode afetar muito mais que somente seu desempenho acadêmico, como também levar a pessoa a desistir do curso e ter problemas para realizar atividades simples de rotina.

Em 28 julho de 2017 postamos um trabalho realizado pelo Fisioterapeuta e também estudante de Psicologia Felipe Morettir, para o jornal da USP sobre os problemas que o estresse e a pressão sofrida dentro das Universidades podem causar nos alunos. Abaixo segue o link de seu trabalho completo com maiores detalhes e informações sobre essa problemática.

http://www.revistapsicopedagogia.com.br/detalhes/536/o-estresse-e-a-maquina-de-moer-alunos-do-ensino-superior–vamos-repensar-nossa-politica-educacional-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *