Shiatsu facial

O Shiatsu facial é uma técnica oriental de massagem que trabalha o colo, o pescoço, a nuca, a cabeça e especialmente a face.
É reconhecido pelo Ministério da Saúde do Japão como “uma forma de manipulação que visa corrigir o mau funcionamento interno, promover e manter a saúde.shiatsu facial

Acupuntura Estética

A acupuntura estética é uma boa opção para quem não quer se submeter a uma cirurgia plástica, aplicações de botox, entre outros tratamentos estéticos que prometem ocultar alguns anos, mas que muitas vezes resultam em visuais duvidosos. Paliativo, como outros tratamentos, as agulhadas – potencializadas com corrente elétrica (eletroacupuntura) – são benéficas para atenuar rugas, celulite, estrias, quelóides, flacidez e envelhecimento facial, melasma (mancha escura na pele) e acne.

¨Tratamento de Acupuntura em Casos de Depressão¨ / Maio

Por Felipe Moretti Fotolia_Acupuntura Gloom_s

A acupuntura é uma técnica utilizada no Japão e na China há mais de mil anos e vem ganhando espaço no universo científico de algumas décadas para cá. Para explicar essa técnica existem basicamente duas vertentes: a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) e a Acupuntura Científica (AC). A MTC explica o funcionamento da acupuntura por meio do restabelecimento do equilíbrio energético, utilizando a teoria do Yin e do Yang, dos 5 elementos e dos meridianos espalhados pelo corpo – responsáveis por conduzir nossa energia vital. A inserção de agulhas pelo corpo teria a finalidade de ajudar num melhor equilíbrio energético, que estaria alterado no caso de uma doença. Já a AC baseia-se em princípios neurofisiológicos, anatômicos e exclui as teorias tradicionais chinesas. Para estes adeptos a aplicação das agulhas gera componentes neuroquímicos, psicológicos e hormonais, responsáveis pelo processo de cura de algumas doenças.

Com relação à depressão, existem evidências no campo científico que a acupuntura é capaz de acelerar a síntese e o restabelecimento de neurotransmissores como a serotonina e a noradrenalinasubstâncias que atuam no controle e na liberação de alguns hormônios, assim como na regulação do sono, do apetite e do humor. Esses dois neurotransmissores auxiliam também na sensação de bem estar, na modulação da dor e no controle da ansiedade. Além disso, possuem um papel extremamente importante no Sistema Nervoso Central e no controle das emoções. Dessa forma, a acupuntura seria capaz de amenizar os sintomas de um quadro depressivo por ajudar no restabelecimento das principais substâncias envolvidas no processo da depressão – como é possível ver na figura abaixo, que ilustra a alteração neuroquímica presente nos quadros depressivos.

Depressao.Neurotransmissores

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, neste início do século XXI, a depressão é a quarta maior causa de perda de anos de vida sadios. Além disso, é classificada como sendo a doença que mais incapacita o ser humano e gera um risco de vida por suicídio de até 15%.

Tratamentos convencionais para depressão, como a psicoterapia e medicamentos, tendem a ter uma boa resposta terapêutica, obtendo-se significativa redução dos sintomas ou chegando muitas vezes a remissão total (ausência de sintomas). Porém, dos pacientes que recebem uma dessas duas intervenções, mais ou menos um terço abandona o tratamento prematuramente, citando fatores como insatisfação e intolerância com os efeitos colaterais. Essas estatísticas sugerem a importância que deve ser dada a utilização de outras técnicas (como a acupuntura) no tratamento de transtornos depressivos. Porém, o uso de técnicas complementares exige, assim como num plano de tratamento padrão, um rigoroso critério de escolha sobre quem pode se beneficiar da técnica e de que forma. Destaca-se também o fato de que a acupuntura pode ter maiores resultados se somada aos tratamentos convencionais.

Frase de reflexão:

¨A preocupação deveria nos levar a ação e não a depressão.¨- Karen Horney

Vídeos ou filmes relacionados à temática:
Na vertente mais técnica, indico a entrevista do Dr. Valetim Gentil que fala sobre a depressão.

Para uma reflexão mais ampla e já indo para o cinema, sugiro o filme “O lado bom da vida“.

Reflita sobre os estigmas ainda presentes na área da saúde mental e sobre os diagnósticos ou tratamentos de cada personagem do enredo – suas resistências e motivações. Na linha das terapias complementares, no caso desse filme “a dança”, observe que ela tem um papel fundamental na reabilitação do casal.

Livro relacionado ao tema:
Acupuntura e Psicologia. Autoria de Dr. Yves Requena. Editora Andrei.

Dicas culturais relacionadas à temática:
O filme “o lado bom da vida” estava em cartaz até semana passada. Confira com a família.

No dia 03/06 o SESC e o Instituto de Psiquiatria da USP apresentam um filme acerca da saúde mental e geram um debate com os participantes. Esse projeto é intitulado “Cine Psique”, onde todo mês um novo filme é alvo de discussão mediada por psiquiatras, psicólogos e profissionais da área. Veja o link do projeto.

Acompanhe também o trabalho da ABRATA (Associação Brasileira de Transtornos Afetivos). Com frequência eles apresentam grupos de discussão e acolhimento para depressão, assim como palestras e atividades culturais envolvendo o tema.

Acompanhe-nos no Facebook.

 

Distúrbios do Sono e a Acupuntura

   Por Felipe Moretti525205_498460610213946_2085703420_n

       Uma boa noite de sono é algo que muitos desejam. Sonha-se com o dormir “feito uma pedra”, apagar, desligar e só acordar na manhã seguinte. Porém, dormir bem é uma realidade distante para grande parte dos brasileiros. Conforme pesquisa realizada com 22 mil brasileiros de 11 cidades diferentes do país e publicada na 2ª Semana Brasileira do Sono, 50% dos brasileiros apresenta um sono “não reparador, leve e insuficiente”.

Porém, diversos distúrbios do sono e suas co-morbidades (alteração do humor, fadiga, dores musculares, cansaço, irritabilidade, entre outras) são passíveis de tratamento e dentre as alternativas de tratamento a acupuntura representa um excelente recurso terapêutico. Outras medidas podem também trazer benefícios para uma melhor noite de sono, tais como: usar colchões e travesseiros adequados, à noite comer somente alimentos de fácil digestão e não exagerar nas quantidades, tomar um banho quente antes de dormir, fazer exercício físico regularmente, porém evitar realizá-los nas quatro horas antes do horário de dormir, não deixar celular e relógios na cabeceira da cama, evitar dormir com a TV ligada e não levar livros estimulantes ou trabalhos para a cama.

Existem mais de 80 distúrbios do sono conhecidos e descritos na literatura e dentre os mais freqüentes estão a insônia e a apnéia obstrutiva do sono que podem estar associados com sintomas como: sonolência diurna excessiva, falta de concentração, humor deprimido, cansaço, perda de memória e alteração da libido.

Tais distúrbios podem colocar em risco não só a saúde do indivíduo, mas também a segurança pública pelos freqüentes acidentes de trânsito e de trabalho relacionados às conseqüências de um sono de má qualidade.

A Organização Mundial da Saúde coloca a insônia como um dos distúrbios que podem apresentar bons resultados com a acupuntura. Quanto a apnéia obstrutiva do sono, um estudo realizado na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) demonstrou melhoras significativas em aspectos como qualidade de vida e sonolência diurna após tratamento por acupuntura.

Não brigue com o seu sono, procure a devida assistência profissional. Dormir bem também é saúde.

felipe.moretti@unifesp.br

O que é acupuntura e vertente de trabalho da Humanits

A acupuntura é uma técnica milenar que vêm sendo muito estudada nos últimos anos pela medicina, assim como no contexto da reabilitação física e emocional.

Excelentes resultados já foram constatados principalmente para dor, ansiedade, depressão, problemas do sono, enjôo e náuseas. Sendo assim, em nosso Centro de Bem Estar, aplicamos a acupuntura com foco maior direcionado a esses casos de saúde – pois são essas condições clínicas que apresentam evidências científicas mais robustas.

O responsável pelo tratamento de Acupuntura no Centro de Bem Estar Humanits é o Fisioterapeuta Felipe Moretti. Clique aqui para acessar uma de suas publicações que falam sobre o uso da acupuntura para depressão. O trabalho aborda também outras terapias complementares para depressão, como: massagem, relaxamento e atividade física. O site em que foi publicado o conteúdo é um portal de psiquiatria clínica, chamado PsiqWeb (http://www.psiqweb.med.br/site/?area=NO/LerNoticia&idNoticia=234).

Caso tenham interesse no trabalho na íntegra, podem deixar um comentário pelo site ou liguem para a Clínica que enviaremo para vocês. Pois o site PsiqWeb só disponibilizou parte do conteúdo.