Características e percepção de apoio social por pacientes com fibromialgia no Facebook

O presente artigo relata uma analise do comportamento interativo, as características, a percepção de apoio social e os interesses de pacientes com fibromialgia em grupos de discussão online. Foi realizada uma netnografia participativa que acompanhou por seis meses uma comunidade no Facebook. Um inquérito eletrônico sobre suporte social com escala validada foi enviado aos membros do grupo. Outro questionário online para traçar o perfil dos usuários foi aplicado pela coordenadora do grupo. O ambiente online foi apontado freqüentemente como único local de desabafo. Registraram-se depoimentos regulares sobre discriminação social decorrentes da Fibromialgia – advindos da própria família, de amigos e, atê mesmo, de profissionais de saúde. Direitos dos pacientes e novos tratamentos aparecem dentre os temas de maior interesse. O grupo acompanhado mostrou ter repercussão social, mas apresenta dificuldades para gerar envolvimento entre os membros…

Confira o artigo na integra no link abaixo, essa pesquisa foi desenvolvida pela Sandra Santos Silva, Claudia Galindo Novoa e Felipe Moretti (que atende atualmente aqui no espaço Humanits dando orientação e acolhimento a respeito da Fibromialgia).

http://brjp.sbed.org.br/sites/arquivos/downloads/characteristics_and_4_8.pdf

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *